Tipos de empreendedorismo: conheça as diversas variações

O conceito de empreender vem ganhando força pelo Brasil. Mesmo com altas taxas e burocracias tributárias, as pessoas perderam o medo de viver seus sonhos e decidiram empreender. Mas você sabe o que é empreendedorismo na prática?

Trata-se de como uma ideia pode se transformar em um negócio não apenas de sucesso, mas sobretudo que inove e transforme. Em poucas palavras, envolve tudo aquilo que diz respeito ao progresso, criação de empresas, crescimento, lançamentos de serviços e produtos dentro do mercado.

Levando isso em conta destacam-se as diferentes formas de empreender de acordo com o perfil do empreendedor e aonde ele deseja chegar.

Neste artigo você vai conhecer quais são os tipos de empreendedorismo existentes e perceber se você se reconhece em algum.

Venha com a gente nas próximas linhas e entenda mais sobre o assunto. Se você já é empreendedor vai se identificar, se ainda não é e está pensando em se tornar um, não deixe nossas dicas escaparem!

As características mais desejadas em todo empreendedor

Cada um de nós possui características que nos distinguem e até mesmo nos aproximam e em relação ao perfil empreendedor algumas delas são requeridas. Veja abaixo algumas delas e o porquê de você precisar desenvolvê-las e aprimorá-las constantemente:

  • Liderança: envolve motivar sua equipe e saber lidar com os percalços do caminho, estabelecendo metas e objetivos claros, planejar e escolher sabiamente com quem vai trabalhar.
  • Motivação: fundamental para contornar os problemas que vão surgir durante a caminhada empreendedora.
  • Senso de Responsabilidade: o empreendedor é como o comandante de um navio, isso significa que assumir responsabilidades para si é o seu papel. Ele delega e dirige funções, mas a resolução desse processo cabe a ele participar e acompanhar de perto.
  • Capacidade de se arriscar sem medo: arriscar-se é um dos maiores desafios que o empreendedor deve encarar. Por isso, se manter atualizado e ciente de como está sendo desenvolvido o processo de trabalho evita surpresas pelo caminho e o prepara para calcular quais ações serão tomadas de forma eficiente caso surjam imprevistos.
  • Comunicação e Networking: habilidade imprescindível para dar visibilidade a qualquer tipo de negócio, vem atrelado não só a qualidade do serviço/produto, mas da forma como demonstramos isso.
  • Frequentar eventos ou feiras relacionadas ao seu nicho é algo que beneficia a atrair novos clientes, demonstrar autoridade e apresentar sua marca para um público ainda maior.
  •  Visão a longo prazo: acompanhar o ritmo do seu ramo no mercado, aproveitar as oportunidades e se preparar para o futuro faz parte do processo de formação de todo bom empreendedor. Esteja pronto, atualizado e com certeza você não vai ficar para trás diante da concorrência.

Tipos de Empreendedorismo: em qual você se identifica?

Agora que você já conhece um pouco mais sobre as características mais desejadas nos profissionais do ramo de empreendedorismo, vamos dar destaque aos tipos de empreendedorismo que existem.

Fique por dentro de quais são os elementos que os caracterizam e a forma como são criados e estruturados por seus empreendedores.

1.   Informal

Neste modelo de empreendedorismo o indivíduo se destaca como não tendo um CNPJ e por conta disso, não emite nota fiscal. Há exemplo de milhares ao redor do país. Eles podem ser encontrados facilmente pelas ruas, como: vendedores com isopor ao redor de espaços que estão sediando um show ou evento privado, ao redor de estádios em dias de jogos de futebol, camelôs nas frentes de escolas de bairro, entre outros serviços.

2.   Individual

Aqui o empreendedor, já se encontra dentro da formalidade da legislação para a categoria, e é dividido em duas modalidades: MEI (Microempreendedor Individual) e como EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada). Em ambos os casos, o gerenciamento é feito por uma única pessoa, tendo os mesmos direitos e obrigações de uma empresa de forma legal. Este modelo é interessante para quem está começando a ter um negócio e deseja estar habilitado a emitir nota fiscal.

3.   Digital

Este tipo de empreendedorismo é o que mais cresce nos últimos anos. Ele se destaca através da criação e divulgação de e-commerces, infoprodutos, cursos on-line, promoção de conteúdos por e-books pela internet. É provável que você já tenha se deparado na rede com alguns produtos ou serviços sendo oferecidos nas redes sociais que você participa.

Esta é uma das formas mais acessíveis, pois, as pessoas com acesso à internet podem tornar o negócio amplamente conhecido. Já pensou em oferecer seus serviços em um canal no YouTube, apresentar seu e-commerce no Instagram? Este modelo com certeza vai atrair muitas pessoas pro seu negócio.

4.   Franquiado

Os modelos de negócios baseado em franquias são facilmente executáveis por apresentarem seus processos de forma pronta e bem definida. Temos vários exemplos no mercado como: redes de venda de chocolates, fast-food, escolas de línguas, etc.

5.   Cooperativo

Os empreendedores que atuam de forma individual se unem para este tipo de modelo de negócio. Ganham força, trabalham juntos, alcançam recursos e se beneficiam mutuamente. Tudo sem afetar as suas particularidades, pois, são elas que juntas fazem toda a diferença dentro dos objetivos a que se propõem.

6.   Social

Se seu coração pulsa por colaboração mútua que promove bem-estar, saúde, qualidade de vida por meio de ideias que vão gerar mudanças significativas na sociedade, com ações e melhora na economia para as pessoas, esse modelo é o ideal. O foco é no crescimento humano e social com o objetivo de encontrar soluções para problemas ambientais, culturais, econômicos e sociais, visando ampliar as oportunidades.

7.   Corporativo

Neste modelo o objetivo é inovar nas atividades feitas pela organização, provocando melhorias na estratégia do negócio e nos recursos humanos utilizados. Aqui, ele é desenvolvido e planejado para a organização, todos os olhares estão focados nela para obtenção de lucros. Tudo deve estar alinhado à estratégia do negócio, seja para posicionar a marca no mercado, se tornar autoridade dentro do seu nicho, aumentar as vendas, reduzir custos ou ser competitivo diante do mercado.

E então, se viu em algum tipo de empreendedorismo que mencionamos acima? Compreender sua área de atuação, continuar estudando, pesquisando e buscando formas que são eficazes para o seu modelo de negócio são ingredientes básicos para caminhar em direção ao sucesso dentro do empreendedorismo.

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *