Ser patrocinador de um evento vale a pena?

Será que patrocinar eventos vale a pena? Essa é uma dúvida muito comum entre empresas que desejam fortalecer a marca. Tornar-se patrocinador de eventos pode ser um grande passo, mas envolve riscos. 

Se você está nesse cenário, não se preocupe. Esse artigo vai te ajudar a dar uma esclarecida!

Comecemos com números 

De acordo com a pesquisa do EventMarketer’s EventTrack,  65% dos consumidores disseram que eventos ao vivo deram a eles uma melhor compreensão de um produto ou serviço, mais do que esforços digitais e outros métodos.

Essa mesma pesquisa mostrou que 72% dos consumidores veem positivamente marcas que proporcionam experiências dentro de eventos e, 74% dos entrevistados admitem que o engajamento com marcas patrocinadoras, que criam momentos memoráveis, aumenta a probabilidade deles comprarem seus produtos.

Vantagens em ser patrocinador

Patrocinar um evento pode trazer 4 vantagens, de acordo com a Resultados Digitais.

  1. Reconhecimento da marca;
  2. relacionamento com seus clientes atuais, prospects, leads e parceiros;
  3. geração de leads;
  4. possibilidades de fechar vendas.

Pontos relevantes

  • O patrocínio coloca os elementos visuais da sua marca na frente de grandes públicos que ainda não ouviram falar da sua empresa.
  • Quanto maior o evento, mais mídia impressa e social, mais você é mencionado antes, durante e depois do evento.
  • Se você planeja brindes promocionais, um grande número de pessoas estará carregando um pedaço da sua marca. A qualidade é importante, então escolha eventos com um histórico de atrair boa imprensa e clientes.
  • Pense no tempo que você, normalmente, gasta procurando 10 leads qualificados. Imagina 20, 50 ou 100? Os eventos não apenas trazem uma série de clientes compatíveis, mas também mostram o lado humano do seu negócio.
  • Formar uma conexão emocional é metade do caminho para construir fidelidade à marca. Ao participar pessoalmente, você pode aprender sobre os clientes, promover seus produtos, criar uma lista de discussão e assuntos que geram iteração e, assim, criar conteúdo relevante para essas pessoas.
  • Os promotores de eventos, geralmente, fornecem dados sobre participantes ou taxas de participação antecipadamente. Faça uma pesquisa planeje uma estratégia para atender o maior número de pessoas possível e concluir mais vendas, transformar um prospect em um lead e agendar reuniões.
  • O público-alvo é muito mais provável de ser convertido em clientes, especialmente, se uma abordagem personalizada for usada.

Passo a passo para escolher qual evento patrocinar

E = PartipantEs

V = Valor

E = compEtição

N = iNformações

T = Tempo

O = Objetivo

Primeiro Passo  = Defina seus objetivos.

Isso influenciará o tipo de eventos que você se oferecerá para patrocinar.

Segundo Passo = Obtenha o máximo de informação

Descubra tudo que conseguir sobre o evento que você tem em mente para patrocinar. Quantidade de pessoas que vão? Como foram as últimas edições? O que os outros patrocinadores acharam? O que as pessoas que participaram acharam?

Terceiro Passo = Defina a relação com os participantes

Depois dessa boa pesquisada, descubra com quais pessoas você quer criar relacionamentos, vendas, parcerias e quais são suas concorrências.

Quarto Passo = Defina o valor agregado

Descubra qual o valor agregado que patrocinar esse evento vai trazer para a sua empresa. Pense qual será a visão da sua marca para aqueles que estão participando do evento, sua visibilidade, participação como palestrante, menções antes, durante e depois do evento, exclusividade e preparação.

Quinto Passo = Defina o custo

Faça um cálculo de quanto você tem disponível para investir em um patrocínio. Não erre a mão. Não vá sair gastando todo o budget do Marketing.

Calcule se você terá tempo e recurso para isso. Se o evento que você quiser patrocinar estiver acontecendo no próximo mês, foque em oferecer o patrocínio para a próxima edição.

Esses passos vão te ajudar a escolher o melhor evento para patrocinar e se vale a pena realizar esse investimento e o que você pode ganhar com ele ou seja o seu ROI (Retorno Sobre Investimento).

Agora que já sabemos as recompensas dos patrocínios, vamos falar aqui sobre quais tipos de patrocinador existem.

Institucional

Quando a empresa patrocinadora procura promover a imagem da marca, fortalecer essa imagem. Objetivo é destaque e ter sua empresa vinculado as ideias do evento.

via GIPHY

 

Promocional

Vai além da marca e dos seu valores.  Foca em promover o produto/serviço e gerar resultados comerciais no próprio evento e depois. Objetivo é aumento das vendas.

Misto ou Hibrido

É uma mistura entre o institucional e o promocional. Aumentar a visibilidade e aumentar as vendas do seu produto/serviço.

Além do tipos de patrocínios existem a chancelas de patrocínio, que é, basicamente, as formas de execução do contrato de patrocínio. Quando sua empresa patrocinar um evento ela terá o nome dela diretamente vinculado ao local/evento.

Patrocinador (Sponsor)

É o patrocinador exclusivo do evento ele adquire toda a cota de patrocínio que foi disponibilizada, justamente para aparecer sozinho. Toda visibilidade e associação do evento será desse patrocinador.

Co-Patrocinador (Co-sponsor)

Nesse caso, são diferentes cotas para que se possa realizar diferente investimentos e por mais de um patrocinador. A cota de patrocínio é dividida e quanto maior o seu patrocínio maior será sua visibilidade, participação e credibilidade no evento.

No caso do RD Summit, o evento dividiu o patrocínio em Diamond, Master, Premium e Startup Corner além disso eles oferecem ações on the go, promoções e assinaturas.

Espero que tenha gostado e que sua cabeça esteja  bem alimentada de informações relevantes sobre o processo e tomada de decisão para patrocinar eventos.

Qualquer outra dica ou se quiser bater um papo com a gente é só entrar em contato!

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *