Matriz BCG

Toda empresa possui um portfólio organizacional, ou seja, um conjunto de produtos e ou marcas. Dado a diversidade no portfólio, parte de uma organização pode possuir missão, objetivos e planejamento diferentes, independente dos outros negócios da empresa. Isto é chamado de Unidade Estratégica de Negócios (U.E.N).

Cada U.E.N pode ser caracterizar por uma divisão da empresa, uma linha de produto, marca ou produto específico. Exemplo: Coca Cola vende refrigerante, suco, água, e cada um tem seus objetivos e resultados esperados de forma separada.

A diversificação de um portfólio pode ser utilizada como uma opção estratégica de uma empresa, e por meio de um quadro, a Matriz BCG consegue organizar esses produtos dentro de uma Unidade Estratégica de Negócios.

A seguir, vamos explicar com mais detalhes sobre a Matriz BCG e suas funcionalidades e importância.

Mas afinal, o que é a Matriz BCG?

A matriz BCG é uma metodologia, com representação gráfica, que serve para comparar diferentes produtos ou unidades de negócio de uma empresa e definir ações estratégicas a serem tomadas. A matriz surgiu na década de 70 por Bruce Henderson para que ela fosse utilizada em sua própria empresa de consultoria, a renomada Bonston Consulting Group.

Henderson se baseou no ciclo de vida dos produtos, para analisar de forma mais detalhada e visual, o nível de participação de mercado de seus produtos bem como o potencial de crescimento no mercado no qual ele se insere.

A matriz BCG é muito útil para empresas que comercializam uma série de produtos diferentes e precisa decidir quais produtos ou unidades estratégicas necessitam de mais investimentos ou quais devem deixar de ser comercializados. Sendo assim, a matriz é uma ótima ferramenta para uma equipe de vendas também.

A matriz BCG leva em conta:

  • Participação relativa de mercado em comparação aos concorrentes
  • Taxa de crescimento do produto comparado ao mercado
  • Faturamento relativo do produto em comparação aos demais da empresa

A Matriz BCG

 Os produtos devem ser posicionados na matriz e classificados de acordo com cada quadrante com as seguintes nomenclaturas:

  • Estrela
  • Pontos de interrogação
  • Vaca leiteira
  • Abacaxi (cachorro ou animal de estimação)

Estrela

São os produtos com alta participação no mercado ao qual competem e de rápido crescimento em relação aos concorrentes.

São produtos que devem receber atenção, pois geralmente é o principal alvo dos concorrentes, devido a suas taxas de crescimento serem as maiores. Por ser muito visado, gasta-se muito para mantê-lo no topo para proteger e ampliar a sua participação de mercado na sua unidade estratégica de negócio.

Esse é tipo de produto que toda empresa deseja ter em seu portfólio.

Produtos estrelas ficam localizados no quadrante superior esquerdo da Matriz BCG.

Ponto de interrogação

São produtos que possuem baixa participação, mas estão inseridos em mercados de alto crescimento.

Produtos desse tipo costumam ser verdadeiras incógnitas, pois surge o questionamento se vale a pena investir para aumentar sua participação, já que estão em um mercado com potenciais taxas de crescimento.  Estes costumam ser produtos em fase de lançamento.

Exemplo: lançamento de um produto. Deve analisar se continua ou não no mercado, pois se continuar vendendo pouco deve tirar, não vale a pena continuar investindo.

Pontos de interrogação ficam localizados no quadrante superior direito

Vaca Leiteira

São produtos que possuem alta participação no mercado em relação aos concorrentes, mas sua inserção é menor do que o crescimento do mercado em que competem. São considerados uma evolução dos produtos Estrela quando as taxas de crescimento do mercado decrescem.

Dado o crescimento mais lento de mercado a entrada de novos concorrentes é menos intensa, o que permite menos gastos para se manter líder. Com isso os gastos com investimento para se manter no topo são menores e os recursos são mais voltados para novas pesquisas e desenvolvimento para unidade estratégica ou novos produtos.

Produtos Vaca Leiteira ficam localizados no quadrante canto inferior esquerdo da matriz BCG.

Abacaxi

São produtos que possuem baixa participação de mercado em um mercado de crescimento lento. Também pode ser chamados de cachorro.

Normalmente são produtos no final do ciclo de vida e sua permanência deve ser analisada.

Nem sempre deve ser retirado do mercado, deve olhar a participação no faturamento da empresa, e se possui outro produto para por substituir.

Produtos abacaxi estão localizados no quadrante inferior direito da matriz BCG.

Analise da Matriz BCG

Ao formular sua matriz você deverá elaborar estratégias para alocar seus recursos de forma efetiva, tais como:

Construir: aumentar participação no mercado de ponto de interrogação e investir para que conquistem o mercado.

Manter: preservar participação de mercado de produtos vaca leiteiras, pois estes geram lucros consistentes e devem ser mantidas para custear a empresa como um todo.

Colher: conseguir o máximo do negócio e aos poucos descontinuá-lo. Neste caso, a ideia é aproveitar ao máximo o potencial de lucro das vacas leiteiras para gerar fluxo de caixa no curto prazo e “colher esse fruto.”

Abandonar:  encerrar atividades de produtos muito custosos. A verba pode ser alocada em outro negócio com mais perspectivas de lucro do que produtos abacaxi e pontos de interrogação.  A ideia é descontinuar uma produção, tirar de circulação ou substituir por outro negócio.

Erros ao analisar uma matriz BCG

  • Exigir mesma meta de crescimento para todas as U.E.N, cada uma deve ter objetivos próprios .
  • Deixar poucos recursos para vaca leiteiras, estas ficariam mais fracas.
  • Permitir que vacas leiteiras retenham caixa em excesso, não reinvestir em novos produtos.
  • Manter muitos pontos de interrogação sem investimento, estes devem receber apoio para aumentar sua participação ou então serem abandonados.
  • A Matriz BCG não informa se o produto está dando lucro ou prejuízo, ou se existem produtos substitutos. A Matriz apenas informa qual é situação isolada de produtos em seus respectivos mercados.

Como criar uma Matriz BCG

A seguir vamos listar alguns passos para você elaborar sua própria Matriz BCG.

1.Monte um portfólio organizacional

Faça uma lista com todos os seus produtos ou unidades de negócios que sua empresa possuir. Ao listar, coloque-os em ordem crescente de volume de vendas de cada um.

2.Faça um quadro dividido e o divida com duas linhas, uma horizontal e outra vertical

A linha vertical representa a taxa de crescimento do mercado em porcentagem. Ao final desta linha você deverá fazer uma marcação 1.

A linha horizontal representa a participação relativa de seu produto em relação ao concorrente mais próximo. Começando pelo lado esquerdo, marque como 10x isso significa que sua empresa vende 10 vezes mais que o concorrente mais próximo. Termine com 0,1x , isso significa que sua empresa vende um décimo do que vende o concorrente mais próximo.

3.Coloque seus produtos na tabela

Você deve primeiro levar em consideração a taxa de crescimento de seu mercado. Pegue o produto que mais vende e veja qual a relação dele com seu mercado, e faça a interseção desses pontos. Desenhe um circulo para simbolizar este produto. Quanto maior o círculo, maior o volume de vendas.

Faça isso para cada um de seus produtos ou unidades de negócios.

4. Classifique seus produtos ou U.E.N de acordo com suas posições

  Estrela, Vaca Leiteira, Ponto de interrogação e Abacaxi

5.Analise e defina as estratégias de atuação

Após montar a sua BCG você deverá analisar quais são os produtos ou unidades estratégicas irão receber mais recursos.

Conclusão

A Matriz BCG é uma ferramenta muito utilizada por empresas que possuem um portifolio organizacional diversificada, com o intuito de organizar esses produtos em um quadrante de modo a analisar quais produtos devem receber mais atenção, investimentos, recursos, ou até mesmo quais devem ser retirados de mercado.

E você já utilizou a Matriz BCG na sua empresa? Conta para a gente nos comentários!

Friendslab

A FriendsLab é composta por um time de profissionais que vieram de várias das empresas mais inovadoras do país e que aprenderam, colocando a mão na massa, como criar poderosas máquinas de crescimento e vendas. Atuamos no acompanhamento e no desenvolvimento das suas ações. Seja de forma consultiva apenas ou também colocando a mão na massa.

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *