Crowdfunding: o que é e como funciona o financiamento coletivo

O consumo compartilhado de produtos e serviços é uma forte tendência mundial e que vem crescendo significativamente no Brasil. A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) realizaram uma pesquisa que indica que 89% dos brasileiros já tiveram a experiência de consumo colaborativo e aprovaram.

Ainda segundo o levantamento, os modelos de consumo colaborativo mais comuns são o de caronas (41%), o de aluguel de imóveis para temporadas (38%) e o de aluguel ou compartilhamento de roupas (33%). Outras modalidades de destaque são também a colaboração de bicicletas (21%), os
crowdfunding (16%), coworking (15%) e cohousing (15%).

Para quem deseja empreender, mas não possui capital inicial suficiente esses dados podem soar como uma “luz no fim do túnel”, afinal é possível começar um projeto ou empresa de uma forma mais colaborativa, ainda mais do aspecto financeiro.

O crowdfunding pode ser uma alternativa interessante, pois se empreender já é um desafio, imagina empreender sozinho? Para entender como funciona o crowdfunding, quais as vantagens do empreendedorismo coletivo e como a cultura da cooperação pode alavancar seu negócio, acompanhe o nosso conteúdo.

Como funciona o crowdfunding?

O crowdfunding nada mais é do que um financiamento realizado por uma multidão, em literária tradução do termo em inglês. Em português pode ser entendido como financiamento coletivo.

O financiamento coletivo é uma maneira de angariar recursos para a realização de um projeto. É uma iniciativa para a obtenção de capital para financiar em comunidade uma ideia, um produto ou um serviço.

É importante destacar que o crowdfunding não se resume apenas a forma de conseguir recursos para a abertura de um negócio, mas também para a realização de projetos, realização de eventos ou mesmo apoio a causas sociais.

Esse modelo de financiamento é o responsável pelo nascimento de muitos negócios que o idealizador não tinha capital suficiente para dar início. O crowdfunding é, portanto, uma ótima oportunidade para os brasileiros que diante do cenário de instabilidade econômica resolveram empreender.  

Assim, para quem tem uma ideia inovadora, seja de produto ou serviço, para o mundo físico ou online, ficou mais fácil tornar o negócio realidade, por meio desse tipo de financiamento.

Qual o incentivo para colaborar com um projeto?

O crowdfunding é um financiamento realizado por meio de sites especializados. Portanto, é também conhecido como uma espécie de “vaquinha virtual”. Dessa forma, o financiamento conduzido pela internet é um processo simples, em que o dono da ideia apresenta o projeto ao público, explica de forma detalhada o quanto precisa para financiar a ideia de negócio e estabelece um prazo limite para a arrecadação dos fundos.

É importante entender também que a maioria das plataformas de crowdfunding trabalham com premiações, brindes e até mesmo doações para quem colabora financeiramente com os projetos dos empreendedores.

Quais os benefícios do crowdfunding?

Montar o próprio negócio ou começar um novo projeto não é nada fácil, e você não precisa fazer tudo sozinho. Vamos te apresentar alguns benefícios do crowfunding que vão além da capacidade de arrecadar recursos financeiros.

Validação da ideia ou conceito

Ao apresentar um projeto, é possível conferir se sua ideia é válida e se a campanha de financiamento coletivo terá sucesso. A validação do conceito do seu projeto acontece a partir do momento que se percebe que as pessoas estão dispostas a investir nele.

Portanto, o crowdfunding é uma maneira de constatar e até mesmo confirmar para o mercado que a sua ideia é realmente lucrativa e tende a se tornar um negócio de prestígio, e que vai gerar bons resultados.

Compartilhamento de recursos   

Uma das principais dificuldades para o brasileiro empreender é ter a quantidade de recursos suficientes para concretizar os projetos. Dessa forma, o compartilhamento viabiliza a aquisição de capital necessário e torna o negócio real.

Vale lembrar que todos os envolvidos no crowdfunding saem ganhando. Os interessados em investir nas ideias são beneficiados com prêmios, brindes e doações e tornam reais os sonhos dos empreendedores.

Maior visibilidade

O crowdfunding não apenas possibilita a arrecadação de fundos para fazer a ideia de negócio acontecer, como também torna o projeto mais conhecido. A divulgação do projeto nos sites de financiamento coletivo é também uma estratégia de marketing.

Isso porque, além de conquistar com a ideia de negócio as pessoas dispostas a investir, o crowdfunding acaba por também atrair potenciais fãs e até mesmo clientes do negócio que irá começar.

Redução de riscos

Outra vantagem do crowdfunding é a redução de riscos em assumir um negócio. Isso porque através do financiamento coletivo, empreendedores, empresários e investidores não precisam se preocupar em assumir riscos sozinhos, ou seja, até mesmo os riscos são compartilhados.

A redução de riscos é, portanto, uma das principais preocupações de quem deseja começar um novo empreendimento, e o crowdfunding minimiza as possíveis ameaças, tornando a entrada no mercado menos insegura.  

Feedback em tempo real

Como as plataformas de financiamento coletivo são online, os colaboradores podem compartilhar opiniões, impressões e sugestões em tempo real na web. Assim, empreendedores e empresários podem receber insights úteis para a realização e alteração do projeto, acertando alguns pontos e melhorando outros.

Esse feedback em tempo real confirma que quando as pessoas se reúnem, há maior tendência de grandes coisas e projetos acontecerem e serem bem sucedidos.

Como criar um projeto de crowdfunding?

Para ajudar a estruturar um projeto de crowdfunding, reunimos também algumas dicas. A primeira delas é ter uma ideia de negócio inovadora, que resolva problemas e que tenha um apelo popular para atrair o interesse das pessoas em contribuir para que o projeto saia do papel.

Depois da definição da ideia, é importante descrever e apresentar detalhes do seu projeto para que ele seja bem compreendido e para que fomente contribuições dos possíveis investidores nas plataformas online de crowdfunding.

Agora que você já sabe tudo sobre financiamento coletivo e percebeu que a falta de recursos não é mais um impedimento para colocar sua ideia de negócio em prática. Mas, lembre-se de nada vale ter os recursos para começar o seu empreendimento, sem ter uma gestão financeira eficaz dos custos e gastos.

E você já pensou em fazer um financiamento coletivo? Conta para a gente nos comentários!

Friendslab

A FriendsLab é composta por um time de profissionais que vieram de várias das empresas mais inovadoras do país e que aprenderam, colocando a mão na massa, como criar poderosas máquinas de crescimento e vendas. Atuamos no acompanhamento e no desenvolvimento das suas ações. Seja de forma consultiva apenas ou também colocando a mão na massa.

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *