A importância do marketing para ajudar a escalar a sua empresa

Todo empreendedor quer ver seu negócio crescer e, para isso, adota várias estratégias, ligadas a diferentes setores, investindo, sobretudo, nos produtos e serviços oferecidos pela empresa.

No entanto, muitos deixam de lado uma das ferramentas mais poderosas que podem ser usadas como meio de escalar um negócio: o marketing.

Visto de forma simplista por muita gente, como mero meio de propaganda, o marketing, quando empregado de forma correta, alavanca o crescimento, aumenta as vendas, fideliza clientes e conquista novos. Por isso, cada vez mais, ele ocupa lugar de destaque nas organizações, direcionando as estratégias empregadas a partir de análises e pesquisas.

No entanto, outro erro é adotá-lo como estratégia para resolver problemas de forma instantânea, seja para aumentar as vendas ou a visibilidade da marca, por exemplo, já que os resultados esperados com a ferramenta não podem ser alcançados de um dia para o outro. Continue acompanhando e saiba como usar o marketing para escalar o seu negócio!

1. A importância do marketing para as empresas

O marketing vem conquistando cada vez mais espaço por permitir estudos aprofundados de mercado, atuando diretamente na inteligência estratégica e competitiva das empresas.

Longe de ser apenas um meio de propaganda de produtos e serviços oferecidos, o marketing é importante para gerar valor e efetuar vendas.

Ele possibilita um melhor entendimento do mercado, que pode levar ao oferecimento de produtos e serviços que atendam à necessidade dos consumidores e fazer com que eles sintam que suas necessidades estão sendo atendidas.

Ao estudar o comportamento dos clientes, o marketing também se torna fundamental em uma empresa, não importa o tamanho que tenha, por atingir o público de maneira eficaz e prever a futura demanda do que se pretende vender.

Um trabalho de marketing bem executado faz com que um empreendimento saia na frente da concorrência, já que os consumidores percebem que estão sendo beneficiados com o que é oferecido pela empresa de forma mais eficiente e eficaz do que os concorrentes.

É exatamente a concorrência existente no mercado que faz do marketing uma ferramenta tão necessária, seja para uma microempresa ou para uma multinacional, pois a demanda de qualquer uma delas está diretamente ligada a ele.

Podemos considerar que o sucesso financeiro de um empreendimento é resultado, em grande parte, de um trabalho de marketing bem executado.

2. Como o marketing ajuda a escalar o seu negócio de forma eficiente

O marketing é usado para escalar as empresas desde quando começou a existir competição no mercado, o que aconteceu junto com o surgimento das primeiras marcas, após a Revolução Industrial.

Com a necessidade de entender o mercado para poder satisfazê-lo melhor do que a concorrência, as empresas passaram a estudá-lo, criando técnicas de marketing.

Até hoje, portanto, o marketing é uma ciência que atende necessidades administrativas e econômicas das corporações. É preciso pensar nele como um processo gradual que visa, sobretudo, contribuir de maneira positiva com o fluxo de caixa de um negócio, auxiliando em seu progresso.

Ele trabalha a reputação da empresa como um todo, ao monitorar a marca e trabalhar o seu branding, melhorando os relacionamentos, analisando comportamentos, estudando concorrentes e, é claro, otimizando conversões.

Por isso, para que o marketing ajude a escalar o seu negócio de forma eficiente, ele precisa ter acesso a informações relevantes como a margem de lucro dos produtos disponíveis e o montante de recursos a ser aplicado nas estratégias definidas no planejamento da empresa.

Só assim é possível fazer uma definição e uma análise consistente das vantagens e funcionalidades do que é oferecido pela empresa e a deficiência dos concorrentes, além dos limites de recursos para o desenvolvimento de ações em curto e longo prazo, assim como a periodicidade delas.

Outro ponto estudado pelo marketing que ajuda a escalar sua empresa é o atendimento, fator crucial para o faturamento das organizações. Isso porque, se você quer mesmo que sua empresa cresça, é preciso entender o atendimento como sua principal ferramenta, analisando como seu cliente é tratado desde o momento da primeira abordagem até o contato no pós-venda.

3. Como montar uma equipe de marketing

Uma equipe focada nos resultados faz toda a diferença em qualquer setor, pois de nada adianta boas estratégias e um planejamento bem elaborado se os profissionais envolvidos não forem qualificados e bem treinados.

Na área de marketing não é diferente e uma equipe eficiente faz toda a diferença na obtenção de resultados em todos os setores da empresa. Afinal, as pessoas ligadas ao marketing normalmente estão envolvidas em todos os processos de comunicação da empresa — tanto com o público externo, como consumidores e fornecedores, quanto com o público interno, como os colaboradores.

Assim, é preciso atenção na hora de montar a equipe de marketing, que deve contar com profissionais qualificados e dispostos a colaborar com os propósitos das diretrizes traçadas pela empresa.

O primeiro passo antes de realizar as contratações é refletir sobre o tamanho da equipe. Como as pequenas empresas precisam de poucos funcionários, elas devem procurar por profissionais mais generalistas, já as grandes empresas, que contam com equipes maiores, devem contratar especialistas para cada área dentro do departamento.

Hoje em dia, é preciso pensar em um perfil profissional para administrar as redes sociais da empresa, pois elas trazem grande retorno e precisam ser atualizadas constantemente.

O cargo de analista de redes sociais, por exemplo, é fundamental dentro de uma equipe e trabalha a imagem da empresa dentro do ambiente digital. Outros dos principais cargos dentro da área de marketing são o analista de SEO, gerente de marketing de conteúdo, analista de desenvolvimento web e gerente de otimização e conversões.

Com base nos objetivos do negócio e traçando os perfis necessários para ter uma equipe completa que desenvolva um trabalho em todos os campos específicos da ciência, você já terá uma base sobre a quantidade de pessoas que vai precisar contratar e os perfis para cada atividade a ser executada.

Lembre-se de que mais importante do que delimitar um perfil a ser procurado é saber exatamente cada detalhe do que precisa ser feito dentro da empresa. É interessante, inclusive, criar um documento com o planejamento de todas as ações que devem ser desenvolvidas em determinado cargo e, posteriormente, desenvolver relatórios do que está sendo feito.

Isso será muito útil caso seja preciso terceirizar os processos de seleção e contratação, além de contribuir com o direcionamento que os funcionários devem seguir.

Depois de os profissionais serem contratados, é importante trabalhar na qualificação de todos eles, oferecendo treinamentos e feedbacks constantes, sempre com a presença de um líder. Investir em produção de conteúdo é uma forma eficaz de trabalhar a qualificação da equipe e obter um bom retorno.

Além disso, o marketing pessoal deve ser bem trabalhado junto à equipe, já que ela será, muitas vezes, responsável pela comunicação da empresa, o que contribui com a formação da imagem dela.

É possível, dentro desse contexto, analisar se vale a pena investir em chatbots dentro da área de marketing para contribuir com o atendimento ao cliente.

4. Como fazer um planejamento de marketing para a sua empresa

Ter metas bem definidas não é o suficiente para obter os resultados desejados. É preciso que essas metas estejam documentadas e sejam previamente planejadas.

Para implantar uma estratégia de marketing na empresa é preciso, antes de tudo, fazer um planejamento que envolva todos os aspectos necessários para a organização e realização das tarefas a serem executadas, garantindo, assim, um retorno satisfatório.

Ter um planejamento estratégico contribui para que todas as ações sejam direcionadas a atingir o mesmo alvo, além de proporcionar economia financeira e de tempo, já que não são realizadas ações que fujam do contexto esperado.

É possível, por exemplo, a partir do planejamento, definir se investir em mídia paga é um bom negócio e se está dentro das possibilidades orçamentárias da empresa ou se esse seria um investimento desnecessário, já que hoje em dia existem outras possibilidades que geram conversão, sem altos investimentos.

Algumas etapas são essenciais para o desenvolvimento de um planejamento que leve o marketing a ajudar a escalar a sua empresa.

4.1 Defina seus objetivos

Em um primeiro momento é preciso estabelecer os objetivos do seu plano de marketing, ou seja, identificar onde você deseja chegar, como por exemplo, aumentar as vendas ou conseguir autoridade no ambiente digital.

Os objetivos precisam ser bem traçados para que as ações possam dar certo, pois a partir deles serão estudadas e empregadas as medidas necessárias para que a empresa aumente o faturamento ou consiga outros benefícios almejados.

Ao definir seus objetivos, lembre-se de que eles precisam ser palpáveis e, de preferência, mensuráveis, para que sejam percebidos com clareza.

Além disso, os objetivos precisam ser detalhados, pois cada passo para que seja atingida uma meta maior deve ser definido como um objetivo a ser conquistado.

Imagine que um dos seus objetivos seja vender mais. Nesse caso, outros objetivos podem ser aumentar o número de contatos e pedidos de orçamento, por exemplo.

Uma das maneiras mais eficazes para que os objetivos do plano de marketing sejam traçados é fazer uso de algumas etapas de design thinking, que ajuda de forma significativa o empreendedor a identificar um problema e determinar soluções para ele.

Toda a eficácia do planejamento começa já na definição dos objetivos, pois é importante lembrar-se de que metas bem definidas ajudam a dimensionar em que pontos o negócio está evoluindo e o que falta para alcançar o objetivo final.

4.2 Conheça seus clientes

Entender quem são seus clientes é fator fundamental dentro de um bom planejamento de marketing, pois é assim que você consegue estudar o comportamento dos consumidores para identificar possíveis necessidades e mensurar o quanto seu produto ou serviço pode satisfazê-las.

Desta forma, é possível perceber o quanto a empresa pode contribuir para a satisfação dos clientes e trabalhar em cima disso, pois quanto mais você conhece sobre seu público, mais fácil se torna criar soluções que o atinja diretamente.

Assim, é essencial que no planejamento constem informações detalhadas sobre o público a ser atingido pelas ações.

Embora pareça fácil, traçar o perfil do público-alvo exige uma série de reflexões aprofundadas, pois não é tão simples. Muitas vezes, quem compra o seu produto não é exatamente quem o consome, então o público-alvo a ser definido não é o consumidor final. Esse é o caso de quem compra determinados produtos para crianças, por exemplo.

Nesse contexto, o ideal é traçar uma persona que represente o seu cliente ideal. Para isso, é preciso pensar em todas as características da pessoa que pretende atingir, desde a idade, profissão, hobbies e faixa salarial, até seus medos, desejos e relações familiares.

Identificar sua persona, prevendo como ela pensa, sente e reage torna muito mais fácil a tarefa de direcionar ações que mostrem o quanto seu cliente pode se beneficiar consumindo o seu produto.

4.3 Analise seus concorrentes

No mercado atual, todas as empresas, com raras exceções, possuem grande concorrência, não importa o segmento ou o tamanho.

Conhecer quem são seus concorrentes é uma estratégia e tanto para se manter no mercado e superá-los, já que muitas vezes uma concorrência mais bem preparada pode significar o fim do seu empreendimento.

Por isso, o seu planejamento de marketing deve traçar de maneira detalhada quem são seus concorrentes e os objetivos deles.

De maneira geral, podem ser identificadas como concorrentes empresas que ofereçam os mesmos benefícios que a sua, pois vocês estarão de olho na mesma fatia de mercado.

Por isso, é preciso analisar com cautela itens como a precificação e a qualidade dos produtos e serviços prestados e a maneira como seu concorrente agrega valores aos seus serviços, seja com um atendimento diferenciado ou atraindo os clientes ao ponto de venda com promoções etc. Fique de olho nesse e em outros detalhes que mostrem o perfil da empresa e seus pontos fortes e fracos.

Conhecendo muito bem o que está disponível para os seus clientes em outros lugares e analisando as deficiências que os concorrentes têm você poderá trabalhar no sentido de oferecer o melhor custo-benefício do mercado, mantendo seus consumidores e atraindo novos.

4.4 Estabeleça um cronograma de ações

De nada adianta fazer um planejamento se nele não constarem as ações a serem tomadas e seus respectivos prazos para desenvolvimento. Sem um cronograma de ações, as outras etapas do planejamento podem nem sair do papel ou deixarem a desejar nos resultados.

As ações em marketing devem ir ao encontro das metas e objetivos traçados, a partir de uma análise aprofundada do mercado, para que não sejam desperdiçadas.

Para traçar as ações é preciso criatividade. Existem diversas opções para serem implementadas, que vão do marketing viral ao digital, inbound, outbound ou buzz marketing. O importante é que toda ação nesse sentido seja corretamente direcionada.

Além disso, o tempo para execução de cada ação planejada, assim como os gastos gerados a partir delas e os resultados obtidos precisam fazer parte do planejamento. É a partir disso que poderá ser avaliada a eficácia ou não da atividade realizada em busca do objetivo almejado.

Assim, um bom cronograma determina o timing de cada uma das ações a serem realizadas, contém os esforços que serão necessários para a realização (itens e pessoas envolvidas) e permite o acompanhamento detalhado de cada atividade concluída e seus respectivos resultados.

4.5 Mensure e aprimore seu planejamento

Dentro do planejamento, é essencial que o empreendedor mensure o quanto os aspectos traçados estão de acordo com a realidade encontrada enquanto as ações estão sendo realizadas.

A partir de um monitoramento bem feito, é preciso revisar as bases do seu plano de marketing, seja sobre a segmentação de seu público ou as estratégias de abordagem definidas nas ações, por exemplo.

Nada deve ficar estagnado no seu planejamento, pois vale a pena lembrar que todo plano de marketing não é instantâneo e também não tem fim, pois deve ser analisado, revisado e atualizado com todos os números conquistados. Além disso, ele pode ser refeito constantemente e adaptado a partir dos resultados que forem sendo obtidos.

5. Benefícios de investir em marketing

Muitos empreendedores pensam que o investimento feito em marketing é um dinheiro sem volta. Pelo contrário, entre os benefícios de investir em marketing está o aumento no faturamento da empresa, uma vez que toda ação que envolva o departamento tem como finalidade o retorno financeiro.

Além disso, uma das vantagens de investir em marketing é que essa ferramenta pode ser utilizada sem gerar grandes custos para a empresa. Muitas vezes o resultado esperado pode ser alcançado somente no meio digital, por meio de um blog corporativo, por exemplo, já que hoje em dia é possível vender apenas com o desenvolvimento e divulgação de textos, a partir de técnicas de copywriting.

Marcar presença e ganhar autoridade online é uma das estratégias mais eficazes hoje em dia e pode trazer benefícios imensuráveis para a sua empresa. Por isso, é muito importante que seja traçada uma estratégia voltada ao marketing digital em seu planejamento.

É possível, ainda, que dentro da área de marketing sejam realizadas pesquisas sobre a possibilidade de trabalhar com inside sales, que poderá adotar técnicas de vendas sem contato presencial, gerando economia para a empresa e trazendo grandes resultados.

Assim, ao investir em marketing, a sua empresa sai na frente de outras que ainda não o fazem (embora a maioria já mantenha o setor ativo hoje em dia), garantindo, dessa forma, inovação e a possibilidade de renovação da marca. Isso tudo vai trazer à marca vantagens competitivas em prol da excelência e longevidade do negócio.

Portanto, é por meio do marketing que são utilizadas métricas e traçadas as ações para que as receitas da empresa sejam equilibradas e ela se mantenha a longo prazo.

6. Como escolher uma agência de marketing para lhe ajudar nesse processo

Por mais que o empreendedor tenha uma visão da importância do marketing para ajudar a escalar sua empresa e tenha noção de como implementar isso no cotidiano de trabalho, muitas das ações e mesmo o planejamento necessita do auxílio de especialistas.

Uma agência de marketing poderá ser mais eficaz ao elaborar e executar com precisão um plano de ação, pois a experiência com outros clientes a levará a apresentar com precisão soluções certeiras para o seu empreendimento.

Investir na contratação de uma agência pode, inclusive, reduzir gastos, pois muitas vezes são realizadas ações frequentes com custos altos que não trazem resultado. E tudo isso pode ser facilmente previsto por um especialista.

Além disso, não é difícil contratar uma agência de marketing dentro da sua realidade financeira, mesmo que sua empresa seja de pequeno porte, pois existem inúmeras opções no mercado.

Ao escolher a agência que você terá ao seu lado para essa etapa importante do trabalho desenvolvido pela corporação, é necessário levar em conta, primeiramente, o orçamento disponível e analisar se ela realmente possui a expertise necessária para realizar o planejamento e estruturar as ações que sua empresa precisa.

Nesse caso, é válido tomar conhecimento de trabalhos anteriores desenvolvidos por ela, conversar com clientes e comparar as opções.

Ter em mente se pretende investir em marketing online ou marketing local também poderá lhe auxiliar no momento da contratação, já que existem agências mais propensas a um ou outro determinado segmento de trabalho.

Conforme mostramos neste conteúdo, adotar um planejamento de marketing eficiente facilita o crescimento da empresa e garante a longevidade da sua marca no mercado, já que ele está longe de ser apenas uma ferramenta de divulgação de um produto ou serviço.

Portanto, a importância do marketing para uma empresa se dá pela realização de estudos e análises dos mais diversos setores com o objetivo principal de melhorar a capacidade de conversão e, consequentemente, a escalar uma empresa.

E para alcançar as metas almejadas e colher bons frutos de todos os benefícios que essa poderosa ferramenta pode oferecer a seu negócio, adotando estratégias conservadoras ou ousadas, de acordo com as necessidades da sua empresa, é preciso contar com especialistas em marketing, levando sempre em consideração os diferentes campos de atuação dessa ciência.

Quer saber mais sobre como implantar estratégias eficientes de marketing na sua empresa de forma segura e eficaz? Nós podemos te ajudar! Entre em contato com a gente e tire todas as suas dúvidas!

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *